Dragão é superado na semi do Paulista

Jogando no ginásio Panela de Pressão nesta quinta-feira (19), o Sendi/Bauru Basket foi superado por Franca no jogo 4 da série melhor de 5 das semifinais por 68 a 77. Com o resultado, os francanos garantiram o 3 a 1 e a vaga na decisão do Campeonato Paulista 2017.

Na derrota bauruense, os destaques do Dragão foram o armador Kendall Anthony, com 17 pontos, o ala/pivô Renan Lenz, que retornou ao time contribuindo com 13 pontos, o ala Alex Garcia, com 11, e o pivô Shilton, com 10.

“Todos querem sempre ver a vitória, e é isso que sempre buscamos quando entramos em quadra. Hoje (nesta quinta-feira), não deu, e Franca está parabéns. Mas nossa equipe segue batalhando, buscando corrigir os erros e se preparar para o NBB”, diz Shilton.

Para o técnico Demétrius Ferracciú, o time bauruense não soube aproveitar as chances que teve durante a partida. “Jogo de playoff é jogo físico. Tivemos oportunidade de ganhar, mas não soubemos aproveitar. Esse tipo de jogo é decidido nos detalhes. Nós buscamos o jogo, mas faltou tranquilidade no final e o aproveitamento deles fez a diferença. Agora, temos que juntar tudo e focar no NBB sabendo o caminho a ser tomado”, analisa o técnico.

No campeonato nacional temporada 2017/18, o Dragão estreia no dia 4 de novembro reeditando a final vencida no NBB9, contra o Paulistano. Punido com perda de 4 mandos, Bauru jogará em São Paulo.

 

O JOGO

Para o quarto confronto da série, o técnico Demétrius Ferracciú manteve o mesmo quinteto que iniciou a partida 3. Mesmo com a volta de Renan Lenz, que cumpriu suspensão na quarta-feira (18), Anthony, Alex, Isaac, Jaú e Shilton iniciaram o jogo com marcação forte. Shilton capturou o primeiro rebote e abriu o placar na sequência em gancho livre de marcação.

Na metade do primeiro quarto, a arbitragem pegou falta antidesportiva de Léo Meindl em Gabriel Jaú. O camisa 23 rival foi desqualificado, indo para o vestiário.

Após o lance, o Dragão cresceu e dominou o jogo. Com chute de fora de Alex, Bauru abriu dez pontos de vantagem restando pouco mais de 4 minutos (15 x 5).

No segundo final, Coelho empurrou no rebote para diminuir a vantagem bauruense para 4 pontos (20 x 16) no fim do primeiro quarto.

O Dragão voltou com o mesmo ritmo na segunda parcial. Stefano, Gui Santos, Renan e Maikão entraram com mais fôlego e não deixaram o ritmo nem a vantagem cair.

Restando 7 minutos para o intervalo, Renan Lenz anotou seus primeiros pontos no jogo em bola de longe (27 x 21).

A reação francana teve início e quando restava pouco mais de 3 minutos, Jefferson acertou chute de três e colocou os visitantes pela primeira vez na frente (27 x 29). A partida seguiu equilibrada, mas Franca foi para o intervalo com três pontos de vantagem em chute de longe de Pedro (34 x 37).

Na volta do intervalo, os dois times seguiram eficientes no ataque e a diferença dos visitantes só baixou para 2 pontos em chute de Anthony, da cabeça do garrafão, quando o cronômetro marcava três minutos  para o fim do terceiro quarto.

Gruber, com duas bolas de longe, aumentou a vantagem de Franca para 11 pontos restando pouco mais de 1 minuto (44 x 55). Alex, de três, e Anthony, na infiltração, levaram a diferença para apenas 3 pontos no último quarto (52 x 55).

E na primeira bola, Renan Lenz empatou o jogo em chute de fora, levantando o Panela de pressão (55 x 55). Mas com bolas de longe de Gruber, Franca voltou abrir vantagem.

E foram justamente os chutes do camisa 20 e de Pedro que garantiram a liderança dos francanos no placar até o estouro do cronômetro. Com a vantagem de 9 pontos (68 x 77), Franca garantiu vaga na decisão do Paulista e agora espera o vencedor do confronto entre Paulistano e Mogi.

 

Sendi/Bauru 68 x 77 Franca

Parciais:

1º quarto: Sendi/Bauru 20 x 16 Franca

2º quarto: Sendi/Bauru 14 x 21 Franca

3º quarto: Sendi/Bauru 18 x 18 Franca

4º quarto: Sendi/Bauru 16 x 22 Franca

 

Destaques do Dragão no jogo:

Kendall Anthony: 17 pontos;

Shilton: 10 pontos; 5 rebotes; 6 assistências

Renan Lenz: 13 pontos; 5 rebotes

Alex Garcia: 11 pontos; 5 rebotes (todos defensivos); 6 assistências